O INVERNO - Nunca me dei bem com o sono



Este Inverno não tenho dormido nada.
Parece que estou a voltar à minha antiga doença do sono e isso é mau...
Muito mau.

Estou a prever um tratamento de choque.

Conheço estas histórias de cor.
São sérios e compridos planos de sequência. Cores arrastadas em composições complexas.
Lembro-me de todos os sonhos e de todos os pesadelos.
Enredos cruzados, de violência sensorial extrema.
Tudo... E com todas consequências.

Talvez esteja há demasiado tempo exposto.
Agressões variadas... Algumas auto-infligidas...

Mas que posso fazer eu?
Sou dos que gostam de sentir. Aproveitar todos os centímetros da estrada e inventar trajectórias.
E que se lixem os centímetros. Quero milímetros, detalhes, coisas sublimes e sem certezas.

É defeito.
E o feitio também é uma merda.

Boa noite.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dinosaur Love by Harry Baker

O que é ser rude?

A Dieta - 1 - Abotoar é um verbo sério