quarta-feira, março 11, 2015

O INVERNO - Não corras



"Coisas perigosas para fazer nú."

- Cozinhar.
- Andar de mota.
- Breakdance.
- Espirrar.
- Correr pelo meio do mato.

Continuo a precisar de uma mulher-a-dias.
Profissional e discreta. Escusa de passar a ferro.
Sou contra.
Dou-me mal com a falta de movimento.

Daí chegar tão depressa aquele momento arfante e lambuzado.
- Espera, espera...
(Não me apetece nada, mas tenho de por ordem no assunto.)
- Que foi?
- Não tenho preservativos. Não podemos fazer nada.
- Não sabes estar preparado?
(Obvio. A culpa é exclusivamente minha. Tenho de andar sempre pronto para a cobrição.)
- Não 'tava à espera. Não saio de casa a pensar que vai acontecer.
- Esquece isso...
- Como?
(Hã? Ouvi bem?)
- Não há problema... Eu tomo a pílula...
(Curiosamente isso não me deixa mais descansado.)
- É melhor não.
- Sério, entra dentro de mim. Não há stress. Já viste como estou?
 (Já. Já mas tenho de abandonar. Para bicheza já me basta a que anda por aí.)
- É melhor não arriscar.
- Não arriscas nada. Tranquilo. Eu porto-me bem.
(Estou a ver que sim. Aliás eu quando digo a alguém para se portar bem, o que quero mesmo dizer é: Despeja o bar, dá cinco riscos de branca, beija-me à traição e insiste em ter sexo desprotegido comigo.)
- Não digo que não...
- Então, confia em mim. É na boa.
(De repente estou eu a levar com a conversa da virgem.)
- Eu confio, mas é que...
Ela agarra-me no pulso e num gemido humedece-me a mão direita.
(Antifúngico, auto-imune, teste, venérea, doida, amanhã, morte, retroviral, vírus, número, farmácia, droga, imunodeficiência, fim, bichos)
- Não vais desperdiçar isto, pois não?
(Se calhar vai ter mesmo de ser.)
- Eu não queria mas... E tu? Confias?
- Confio.
- Como é que sabes que estou limpo?
(Tentativa de consciencialização número... perdi a conta.)
- Tens cara disso.
(Já me esquecia. Dá para ver pela cara. Claro. Como é que não me lembrei disso antes?)
- Desculpa mas não vai dar. Sem preservativo não.
- Oh, mas é na boa. É só contigo. Sério... Prometo... Juro...
(Sim sim. Conta-me histórias.)
- Assim não estou bem. Têm paciência.
- De certeza que não?
- Não.
- Ok. Então deixa-me ligar à minha amiga. Talvez ela tenha alguma coisa.
(Custava muito?)

Amiguinhos... Sim vocês do escape livre - Fiem-se na não virgem e não corram!

"Coisas perigosas para fazer nú."
(Continuação.)

- Vindimar.
- Jogar polo.
- Votar.
- Pegar touros.
- Ir ao cinema.
- Rally tascas.
- Ladrilhar.
- Ser policia sinaleiro.
- Luta Greco-romana.

Sem comentários:

A Dieta - 5 - A Pesagem

IMC - 26,33 Sobrepeso Não me posso pesar todos os dias. Diz que torna a malta ansiosa e acho que a ansiedade engorda. Posso-me pe...