domingo, dezembro 22, 2013

Sempre e para sempre

Um poema para ti?

Para que queres versos de quem não tem capacidade de amar?
E se tens - feliz ou infelizmente - porque não me amas hoje?
Agora.

Como te quero agora!
Como te quis sempre!
E mais...
Deixa-me ser o teu eterno amor, no teu silêncio, na tua falta de zelo, inteligência emocional, de comunicação, do não verbal.

Que também eu, te sinto sempre e para sempre!

Tens é de me dar a tua morada.
Só para um carteiro qualquer, te entregar o meu Amor... em mão!

Sempre e para sempre!

Sem comentários:

A Dieta - 5 - A Pesagem

IMC - 26,33 Sobrepeso Não me posso pesar todos os dias. Diz que torna a malta ansiosa e acho que a ansiedade engorda. Posso-me pe...