Saváz, Aveques e Derivados

Malta emigrante.
Compreendo que não se pode tomar a parte pelo tudo, mas ultimamente dans ma petite ville vocês têm-me feito a vida noir.
Eu sei que a diáspora portuguesa se farta de trabalhar, que as vacances são a altura do ano onde podem descomprimir, apanhar um soleil decente, que la vie dans le banlieue c'est difícil, que as coisas "na França" n'est pas como eram dantes,  mas tudo tem um limite.
au Portugal também temos problemas en la société, avec la politique, le chômage e tudo mais, mas não andamos a fazer barulho - e acreditem que nous avons des raison pour ça - a torto e a direito.
Vocês faire beaucoup de barulho.
É ouvi-los andar ai a fundo no vosso bruto renault 21 - bela voiture - estando sujeitos a magoar alguém, ou mesmo um animal fofinho.
Param o carro, começam a chinelar como se tivessem na Nazaré.
chambres.
Plus.
Esses mini cães que trazem ao colo nunca se calam. Tão sempre a ladrar em francês que é uma lingua estúpida para se ladrar.
E a mania que vocês têm de apaneleirar sonoramente o país. Sempre com o vosso patati patata, cheios de ténis brancos e camisolas de alças. Com essas músicas ridicule sem jeito nenhum que eu malheureusement já ouvi por ai.
As intermináveis explicações bilingues sur la chatte chauve da amant do vosso patron. 'Tou fatigé de saber que os magrebinos são uns naifistas do pior e que os "francius" não tomam banho as vezes necessárias.
Existem outras pessoas de férias.
Arrêter avec essa merda.
Cette merde ou o que vocês dizem. Vão-se baiser même maintenant.
S'il vous plait.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dinosaur Love by Harry Baker

O que é ser rude?

A Dieta - 1 - Abotoar é um verbo sério