Os teus poderes não valem nada

Ainda pensei ir para o papel, mas contigo, tudo é tão falsamente tecnológico.
Talvez já não tenho poderes para tanto.
Talvez te deixe no novo tempo por preguiça.
- Sabes que sou doutro tempo e que gosto disso -
Talvez queira demais e já não são horas de te incomodar.
Tu que tens tanto para recuperar.

Os teus poderes nada valem.
Estão uma confusão, como tu.
Como estás sempre.

Claro que para mim é excelente.
Não tem graça nenhuma rodopiar sozinho.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dinosaur Love by Harry Baker

O que é ser rude?

A Dieta - 1 - Abotoar é um verbo sério