terça-feira, maio 10, 2011

Nem de propósito

Ontem escrevi sobre desperdício de tempo. Hoje o tempo desperdiça a minha energia.
Cá estou eu. Mais problemas com o computador. De repente e do nada. Puf.
Que se foda o windows.
Já chega. Não há paciência.
Que se fodam as bruxas e os bruxedos. Como é possível? Nem de propósito.
Mais um sobressalto.
Outra vez.
Qual é a graça? Querem nivelar-me convosco. Injectar-me fel e cólera. Desejam o fim do meu sorriso. Ora bem. Faço-lhes a vontade.
Se depender de mim não haverá referendo. Queimo-as todas e aprendizes também. Queimarei até os livros do Harry P. para ninguém desconfiar que ser bruxo pode ser fixe e do bem.
Se depender de mim os castigos medievais da inquisição serão pouco para os magos de agora.
E o que me surpreende mais, é haver gente que me liga assim tanto. Existem pessoas mais odiáveis. Nem eu me levo tanto a sério.
Alem de que não vou parar. Continuarei sempre, nem que seja pelo facto de não saber fazer mais nada. Posso demorar, posso perder ritmo, mas conseguirei. Já fiz pior e já vim de pior.
Podem embruxar-me o que quiserem. Quando tiver a minha oportunidade de vos chegar, não falharei.
E vocês sabem disso.
alea jacta est seus filhos e filhas da puta.

Sem comentários:

A Dieta - 5 - A Pesagem

IMC - 26,33 Sobrepeso Não me posso pesar todos os dias. Diz que torna a malta ansiosa e acho que a ansiedade engorda. Posso-me pe...