quarta-feira, dezembro 16, 2009

Troca de Prendas

Chegou um dos pontos altos do mês de Dezembro.
A troca de prendas.

Não sei qual é a origem do fenómeno, e não sei que o importou. - Isto de gastar dinheiro com os outros não pode ser ideia nossa - Apenas noto que os Chineses fazem um dinheirão com as bugigangas contrafeitas que vendem nesta época.
Ah pois.
Por exemplo. Numa empresa este é o tempo de sondar todas as relações humanas e hierárquicas.
Quando a mamalhuda das relações públicas oferece um set de fichas de poker ao informático, todos os colegas sabem que está a gozar com ele. ”O que é que ele vai fazer com aquilo agora? Ele não tem amigos. Só se jogar cartas sozinho”. O que eles desconhecem é que no dia seguinte, vão receber no e-mail, um vídeo cheio de fluidos que explica a meteórica ascensão da menina na empresa.
Talentos escondidos.
É tempo do graxista ignorar o plafon estabelecido democraticamente e, mimar o chefe com aquele taco de golfe estupidamente caro.
Chegou-se ao momento sublime, onde adoramos os nossos colegas e dizemos obrigado com um sorriso tão cínico quanto hipócrita.
“Amiguinhos secretos… sim, sim… Para a próxima quando me roubares um trabalho, levas mais murraça que beijinhos em pequenino. Até ficas a escutar o grilo. Mijo-te para cima, seu cabrão.”
Mas… pode ser a oportunidade de impressionar a miúda gira. Se existirem unhas. “Transformar entediantes noites frias em tatuagens de alma.”
Soa bem, mas só para profissionais. Para quem pode e não para quem quer.

Resumindo. Se nada te interessar, passa pelo dia com sobriedade. Lembras-te daquele CD da fase decadente de Sérgio Godinho que a tua tia hippy te ofereceu no aniversário? A tua colega que passa a vida numa tasca do bairro alto vai adorar.

Boas festas coleguinhas.

Sem comentários:

A Dieta - 5 - A Pesagem

IMC - 26,33 Sobrepeso Não me posso pesar todos os dias. Diz que torna a malta ansiosa e acho que a ansiedade engorda. Posso-me pe...